Notícias

  • Home
  • Notícias
  • Projetos
  • Romagnole entrega à UFPI os primeiros protótipos do transformador com óleo de babaçu
Romagnole entrega à UFPI os primeiros protótipos do transformador com óleo de babaçu
Postado 09/03/2020 09:18:10

Romagnole entrega à UFPI os primeiros protótipos do transformador com óleo de babaçu

Inovação tecnológica e ecologicamente correta poderá fomentar a geração de renda para milhares de famílias do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país

A Romagnole concluiu no final de janeiro os primeiros protótipos de transformadores para distribuição de energia que utilizam o óleo de babaçu, um produto de origem natural e não poluente, como fluído de isolamento e refrigeração.
Os oito equipamentos fabricados pela empresa foram entregues à Universidade Federal do Piauí (UFPI), instituição que idealizou a criação do produto por meio da Fundação Cultural de Fomento à Pesquisa, Extensão e Inovação (Fadex). O projeto teve também a participação da Equatorial Energia e foi financiado pela Eletrobrás Distribuição Piauí por meio do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Os protótipos entram agora na fase de testes em campo, nos quais a concessionária de energia irá avaliar a viabilidade de se adotar este novo modelo de transformador em suas redes de distribuição. Além de ser uma inovação tecnológica e ecologicamente correta, a criação dos transformadores com óleo de babaçu pode ter impactos positivos na economia do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país. Estudos que embasaram a realização deste projeto dão conta de que nessas regiões, sua palmeira faz parte das espécies nativas, cerca de 400 mil famílias encontram na extração e comercialização deste fruto a única ou principal fonte de renda.

Na foto, representantes das instituições envolvidas no projeto.


Curiosidades sobre o babaçu

Várias comunidades de subsistência costumam dizer que do babaçu nada se perde, desde as folhas da palmeira para artesanato e cobertura de casas até o caule que pode virar adubo.

Mas o maior destaque, é do coco, que também é aproveitado por inteiro. De suas camadas externas pode-se fazer desde xaxim, farinha, insumos para cosméticos entre outras especificações, até chegar na amêndoa, de onde se extrai o óleo de babaçu.

    

Assine nossa news para receber notícias e atualizações